Cadastrar

Ao se cadastrar no e-Democracia você concorda com nossos Termos de Serviço

Mostrar Senha
Sou estrangeiro

Pergunte aos Deputados

Faça sua pergunta ou apoie outra já feita. As perguntas mais votadas serão encaminhadas à Mesa para serem respondidas.

  • Paulo Rodrigo 02:38 10/11/2017

    O fator cultural e humano não é essencial também para o debate? A partir do momento em que se discute machismo, há uma discussão da masculinidade, como ela é formada, reproduzida simbolicamente, socialmente e culturalmente.

    Pergunta Respondida
    3
  • Hamilton costa pinto 20:23 13/11/2017

    Quando vão assumir que está morrendo muitas mulheres sem saber as que foram mortas sem saber eu acho que só no presídio não basta e sim aulas de comportamento ao sexo inferior para adquirir um comportamento ideal a sociedade.

    Pergunta Respondida
    2
  • Manoel neto 17:31 17/11/2017

    Tem algum desempenho de roteiro garantido?

    Pergunta Respondida
    1
Audiência encerrada para participações.

Outro Evento
21 de Novembro de 2017 às 15:03

MACHISMO E SAÚDE SEXUAL E SAÚDE REPRODUTIVA

Transmissão Encerrada (Gravado)
223 visualizações

Pauta

Programação:

MEDIADOR - Deputado Jorge Silva

Ministério da Saúde - Coordenação de Saúde do Homem
Tema: Masculinidades e saúde do homem
Palestrante: Dr. Francisco Moreira - Coordenador da Nacional da Saúde do Homem - MS

Ministério da Saúde - Coordenação de Saúde no Sistema Prisional
Tema: Masculinidades dos Homens Prisionais e a Reverberação na sua Saúde
Palestrante: Ana Cláudia Freire - MS

Sociedade Brasileira de Urologia
Tema: Desafios da resistência Masculina ao Exame Urológico
Palestrante: Dr. Geraldo Eduardo Faria

Sociedade Brasileira de Psiquiatria
Tema: Machismo e Saúde Sexual e Saúde Reprodutiva
Palestrante: Dr. Arnaldo Barbieri Filho- Representante da Sociedade Brasileira de Psiquiatria

Organizado por

CSSF - Comissão de Seguridade Social e Família

Bate-Papo

  • Janice Costa : Bom dia 10/11/2017 - 11:31
  • Janice Costa : Bom dia 10/11/2017 - 11:31
  • Janice Costa : Gostaria de saber como cidadã , como posso participar de forma ativa da comissão , para tratar de interesses sobre a saúde 10/11/2017 - 11:32
  • Hamilton costa pinto : Olha se inventaram as Leis contra violências porque não resolve o problema das mulheres que são espancadas pelo sexo masculino e se cria um debate no próprio recinto onde o indivíduo tenham aula de comportamento para uma recuperação rápida. 13/11/2017 - 20:19
  • Raquel Viena : É imprescindível a educação comportamental e acredito que leis mais rígidas, para homens que descumprirem as regras. Ignorância tem limite! No entanto, minha mãe sempre dizia, pau que nasce torto, nunca se endireita. É complicado educar um ser humano que já passou dessa fase de aprendizado, em relação a educação, principalmente comportamental. 18/11/2017 - 16:31
Há novas mensagens disponíveis abaixo
Audiência encerrada para participações.