Câmara dos Deputados

Cadastrar

Ao se cadastrar no e-Democracia você concorda com nossos Termos de Serviço

Mostrar Senha
Sou estrangeiro

Pergunte aos Deputados

Faça sua pergunta ou apoie outra já feita. As perguntas mais votadas serão encaminhadas à Mesa para serem respondidas.

  • João Figueiredo 10:43 14/11/2017

    Estimular os pequenos agricultores e assegurar educação ambiental para as crianças ribeirinhas, coibir crimes ambientais e estimular ações coletivas de revitalização, inclusive com incentivos fiscais, desenvolver a exploração turística do rio São Francisco são propostas revolucionárias. Quem apoia?

    Prioridade
    1
  • João Figueiredo 10:35 14/11/2017

    Não se recupera áreas devastadas com conversas de políticos. É preciso ter um projeto de governo voltado para a sobrevivência do país. Enquanto nosso modelo de desenvolvimento for baseado no agronegócio de commodities não haverá solução para as bacias hidrográficas brasileiras. Alguém tem coragem?

    Prioridade
    1
  • João Figueiredo 10:31 14/11/2017

    Mudar o modelo de desenvolvimento econômico do país, rejeitando as formas predatórias de produção energética e agrícola, bem como a opção por um desenvolvimento sustentável, nova matriz energética e produtiva são os pré-requisitos para resgatar nossas bacias hidrográficas. Alguém está disposto?

    Prioridade
    1
  • João Figueiredo 10:27 14/11/2017

    A transformação das bacias hidrográficas em áreas de proteção permanente, e o cumprimento rigoroso da legislação ambiental seria um bom começo. Preservar as nascentes, as lagoas de reprodução e as matas ciliares, além de coibir com rigor crimes ambientais são ações imprescindíveis! Há determinação?

    Prioridade
    1
  • João Figueiredo 10:21 14/11/2017

    Há, pelo menos, meio século se fala da revitalização do Velho Chico e seus afluentes. No entanto, nada de relevante foi feito até agora. Será que esse debate terá algum resultado significativo? Afinal, são os políticos que favorecem a degradação ambiental. São eles que protegem os poderosos!

    Prioridade
    1
  • João Figueiredo 10:18 14/11/2017

    Reverter a devastação ambiental de cinco séculos de exploração irracional implica em investimentos robustos, vontade política e enfrentamento de forças reacionárias poderosas, geralmente ligadas ao agronegócio. Desmatamento das margens, quebra do ciclo das enchentes e vazantes... quem apoiará isso?

    Prioridade
    1
  • João Figueiredo 10:11 14/11/2017

    Considerando-se que os problemas do rio são crônicos e estabelecidos pela história, como a transposição, as hidrelétricas, o uso de agrotóxicos, os esgotos urbanos e resíduos sólidos industriais, e considerando ainda que vs sas são, majoritariamente, ruralistas, como pretendem reverter esse quadro?

    Prioridade
    1
Faça Login para enviar uma pergunta!

Audiência Pública
21 de Novembro de 2017 às 14:30

Audiência Pública Conjunta das Comissões CEXHIDMG e CMADS

Transmissão prevista para 21 de Novembro de 2017 às 14:30.

Transmissão Prevista
104 visualizações

Pauta

I - Audiência Pública

Objetivo: Discutir a atual situação da Bacia Hidrográfica do rio São Francisco e medidas em andamento para sua revitalização.

Req. 2/2017 - CEXHIDMG - Autora: Dep. Raquel Muniz
Req. 219/2017 - CMADS - Autora: Dep. Raquel Muniz

Convidados:

- Representante do Ministério do Meio Ambiente;
- IRANI BRAGA RAMOS - Ramos, Assessor Especial do Ministro de Estado de Integração Nacional;
- INALDO PEREIRA GUERRA NETO - Diretor da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas - Representante da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba - Codevasf;
- Representante do Comitê de Bacia Hidrográfica do rio São Francisco;
- Representante da Associação Mineira dos Municípios;
- MARCOS AIRTON DE SOUSA FREITAS - Especialista em Recursos Hídricos - Representante da Agência Nacional de Águas - ANA;

Organizado por

CEXHIDMG - Comissão Externa destinada a acompanhar a situação hídrica dos municípios no Estado de Minas Gerais

Bate-Papo

  • Comissão : Olá! A audiência será realizada no dia 21 de novembro, mas a sala já está aberta e os interessados já podem deixar comentários aqui no bate-papo ou perguntas na coluna à esquerda. Lembrando que as perguntas podem receber votos e as mais votadas têm mais chances de serem respondidas durante a audiência. Participe!! 14/11/2017 - 09:34
Há novas mensagens disponíveis abaixo
Faça Login para participar no chat!