Menu

Pergunte aos Deputados

Faça sua pergunta ou apoie outra já feita. As perguntas mais votadas serão encaminhadas à Mesa para serem respondidas.

  • Tarciso Cassi 22:13 12/09/2017

    obrigar as empresas a dar orçamentos fechados para obras publicas sem aditivos (como as obras privadas) e exigir a entrega com punição judicial, abrir o histórico da empresa na internet para checar se é uma empresa idonea e não aberta as pressas por parentes de políticos para falcatruas.

    Pergunta Respondida
    10
  • Humberto Mendonça 21:49 12/09/2017

    Quando a Revogacao do Estatuto do desarmamento vai a plenario para votação?

    Pergunta Respondida
    9
  • Zilda Frisolio 05:24 13/09/2017

    quando entrará em pauta a revisão dos benefícios dados a parlamentares? o povo não aguenta mais os altos salários pagos a politicos. acrescido de mutios benefícios.

    Pergunta Respondida
    8
  • ramirocruzjr 12:14 13/09/2017

    Por quê não há, nas mesas de discussões e regulamentações destas privatizações de rodovias, a abertura p/a participação de representantes dos maiores usuários e maiores pagadores dos pedágios das rodovias, que são os caminhoneiros/frotistas de empresas de transp. rodoviário de cargas? 11-9-4015-3232

    Pergunta Respondida
    3
  • Glauber Bernardes 11:10 13/09/2017

    por qual motivo o executivo não adota em TODAS as obras um seguro(Performance Bond ) que protege os cofres de super-faturamento de saques das prestadoras de serviços?

    Pergunta Respondida
    3
  • Marco Antonio 06:45 13/09/2017

    a questão das balanças quebradas e excesso de peso de cargas, causa danos ao alfato das rodovias. lei mais duras e ter balança nos pedágios interligadas a sistema de monitoramento.

    Pergunta Respondida
    3
  • Marco Antonio 06:41 13/09/2017

    rever a questão dos pedágios, usar o indce de acidentes causados por má conservação, sinalização ou fiscalização como indicador de multas aos concessionários.e diminuição do tempo de contrato

    Pergunta Respondida
    3
  • Luciano Ramires 11:37 13/09/2017

    Desculpe, esqueci minha pergunta: o Brasil é um dos países com maior recurso hídrico do Mundo. Sabe-se que o custo de hidrovia é 5% do custo de rodovias (e promoveria uma redução do uso de caminhões e acidentes, além de reduçaõ de custo de transporte). Por que não investimos em HIDROVIAS? Obrigado.

    Pergunta Respondida
    2
  • Luciano Ramires 11:29 13/09/2017

    Ocorre que as concessões são sempre reguladas pelo valor + baixo de proposta. Isso nunca garantiu melhor projeto (inclusive projeto mais eficiente e barato). Após escolhida a empresa vencedora, o governo fica nas mãos dela. Precisa ter uma forma mais eficaz de contratação e de garantias nos contrato

    Pergunta Respondida
    2
  • Luciano Ramires 11:27 13/09/2017

    No Brasil, de maneira geral, falta planejamento e controle. Falta um gerenciamento de projeto, fiscalização sobre a elaboração, a orçamentação e a execução dos projetos. Tenho amigos que trabalham com projetos de rodovias. Há mt superfaturamento por falta de fiscalização, controle e projeto eficient

    Pergunta Respondida
    2
  • fvc 11:26 13/09/2017

    acredito que seja óbvio que, para um país com tantos problemas, não precisamos inventar a roda. cadê os estudos de outros país referência nesse assunto? por que não apenas copia quem está fazendo direito? inclusive em relação a funcionamento e padrão de rodovias e ferrovias públicas?

    Pergunta Respondida
    2
  • Geraldo Dante 12:44 13/09/2017

    Porque o Exercito Brasileiro consegue fazer uma Rodovia de alto padrao e com valores muitos mais barato, rapido, enquanto estas Empresas que ganha as licitaçoes nao as faz e ainda ganha um monte de aditivose Vcs que esta ai para assegurar os gadtos e as Leis nao faz nada ?

    Pergunta Respondida
    1
  • Geraldo Dante 12:40 13/09/2017

    Pergunta simples e Direta;

    Pergunta Respondida
    1
  • divalda 11:55 13/09/2017

    A Reforma Previdenciária deveria ser mais discutida, não imposta da forma como está sendo. Tendo em vista que a população terá mais dificuldade de se aposentar, a muita desigualdade e as realidades de regiões. Essa Reforma tem que ser estuda e valida para todos, mesmo para politicos,com mesmo inicio

    Pergunta Respondida
    1
  • Ronaldo Corvo 11:36 13/09/2017

    POR QUE NÃO SEGURO PARA CONTRATOS? DADAS AS CLÁUSULAS, SIMPLESMENTE É OBRIGAÇÃO DE QUEM VAI FAZER, SE ARRISCAR EM FAZER. SE ENTREGAR OS PONTOS DO CONTRATO, RECEBE, SENÃO, NÃO RECEBE. ALGO CHAMADO PERFORMANCE BOND.

    Pergunta Respondida
    1
  • Luciano Ramires 11:32 13/09/2017

    Por fim, espero que essa audiência saia do papel e do mundo das ideias e tenhamos resultados, e resultados eficientes aos assuntos abordados. Bom trabalho a todos!

    Pergunta Respondida
    1
  • Luciano Ramires 11:31 13/09/2017

    Agora um recado ao deputado que falou anteriormente: vocês não estão aí para desanimar. Aliás, são muito bem pagos para trabalhar e nos representar. Contamos com vocês. Precisamos mudar esse país, e vocês está aí para isso. Repito: são muito bem pagos para isso. Logo, é uma obrigação.

    Pergunta Respondida
    1
Audiência encerrada para participações.

Audiência Pública
13 de Setembro de 2017 às 10:05

DISCUTIR A RESPEITO DO DESCUMPRIMENTO DE INVESTIMENTOS, METAS E CONTRAPARTIDAS DE CONCESSIONÁRIAS DE SERVIÇOS PÚBLICOS, RODOVIÁRIOS E FERROVIÁRIOS BEM COMO ADITAMENTOS E PRORROGAÇÕES DE CONTRATO.

Transmissão Encerrada (Gravado)
381 visualizações

Pauta

TEMA:"discutir a respeito do descumprimento de investimentos, metas e contrapartidas de concessionárias de serviços públicos, rodoviários e ferroviários bem como aditamentos e prorrogações de contrato." (Requerimento nº247/17 dos Deputados Altineu Côrtes, Hugo Leal e Wilson Beserra.)

Convidado:
- LUIZ FERNANDO URURAHY DE SOUZA- Secretário de Fiscalização de Infraestrutura Rodoviária e de Aviação Civil- representando o Tribunal de Contas da União - TCU (confirmado)

- FERNANDO GRAEFF- Diretor da 2.a. Secretaria de Fiscalização de Infraestrutura Portuária e Ferroviária- representando o Tribunal de Contas da União - TCU (confirmado)

Organizado por

CVT - Comissão de Viação e Transportes

Bate-Papo

  • Leomar Anonymous : Acredito que muitas metas de concessão de serviços públicos tem que ser revisadas, pois algumas exigem grandes investimentos e altos riscos o que nem sempre os interessados levam em conta e nossa falha economia brasileira flutuante, que ora esta apontando aos céus e ora afunda em crises. 12/09/2017 - 01:04
  • Leomar Anonymous : Se colocar empatia funciona bem melhor, que compa 12/09/2017 - 01:05
  • Leomar Anonymous : Retomando que empresa que adquiriu uma concessão a alguns anos estava preparada para mergulhar no atual cenário que o Brasil vivência? Ao meu modo de ver e melhor fazer uma auditoria e ver o porque de não ter atingido as metas da concessão do que cancelar e tentar rever um novo contrato. Não foi a concessionária que mergulhou o país no caos em que vivemos, auditar e aplicar multa e em caso de novo descumprimento rescindir e o justo, e passa mais credibilidade 12/09/2017 - 01:11
  • Glauber Bernardes : toda e qualquer obra feita com dinheiro público deve ter o seguro Performance Bond . mas o executivo e legislativo não tem interesse em proteger os cofres de saques. 13/09/2017 - 11:17
  • Ronaldo Corvo : por que não apenas copiar quem faz direito? tem tanto país que está melhor que o brasil com uma série de fatores. por que não estudar o que os EUA, Japão, Austrália, Nova Zelândia, Singapura, ou seja, apenas vai no indice de IDH e tenta copiar os melhores. 13/09/2017 - 11:42
  • ramirocruzjr : Por quê não há, nas mesas de discussões e regulamentações destas privatizações de rodovias, a abertura para a participação de representantes dos maiores usuários e maiores pagadores dos pedágios das rodovias, que são os caminhoneiros e frotistas de empresas de transporte rodoviário de carga? Sou diretor de uma associação de transportadores rodoviários de carga e este ponto é um dos principais questionamentos dos profissionais e empresários que compõem a categoria. Deixo aqui meu contato para poder receber convites para debates a respeito: 11-9-4015-3232c/Ramiro Cruz Jr. 13/09/2017 - 12:11
Há novas mensagens disponíveis abaixo
Audiência encerrada para participações.